Adulto

“Mulher Única”

Quando trabalhava no Centro do Rio de Janeiro, eu levava quase 2 horas da minha casa até o escritório, e o mesmo na volta. Sim, é uma loucura, apesar de ser a realidade de MUITA gente. Mas como não havia muita opção, o jeito era “fazer uma limonada com o limão que a vida tinha me dado”.

Eu sempre gostei tanto de ler, que separava um um livro para ler na parte da manhã e outro na volta, à noite. Eu devorava os meus livros! Como era gostoso terminar um livro e ir correndo para a livraria comprar uma nova história com a qual poderia me entreter…

Mas com a mudança toda em minha vida, os filhos, etc., acabei deixando esse “vício do bem” de lado. Pegava um livro ou outro pra ler mas nunca conseguia terminá-los. Estava com diversos livros na minha estante, alguns dentre os quais eu havia começado a ler há anos, e ainda não tinha conseguido sequer chegar à metade!

No final de 2015 eu decidi, então, estabelecer para mim mesma algumas metas que pretendia alcançar no decorrer do ano de 2016, dentre as quais voltar a ler meus amados livros. Meu objetivo seria ler (pelo menos) um livro por mês!

“A ousadia é uma forma de coragem.”

Fui até as estantes separar alguns livros novos que tinha ganhado/herdado em 2015 para iniciar meu desafio pessoal quando me deparei com meus velhos e inacabados livros. Como começar algo novo se ainda tenho pela frente o inacabado?

Reformulei, então, esse início da minha meta, estabelecendo que deveria ler, primeiramente, os livros que eu já havia começado. E, dentre eles, estava o Mulher Única, de Edwin Louis Cole e sua esposa Nancy Corbett Cole.

Eu ganhei esse livro da minha querida amiga Karina, do site Karina Jornalista, e posso lhe afirmar que é um excelente livro!

Quem acompanha o blog já ouviu falar dele, pois já o mencionei no artigo Em que está Baseada a sua Identidade.

“As identidades baseadas em estilos, carreiras, maridos, filhos ou na falta disso não proporcionam a verdadeira identidade porque são aspectos mutáveis da vida.”

Este foi um livro muito interessante e gostoso de ler. Não se trata de um livro de autoajuda. Parece mais um bate papo e troca de ideias sobre a mulher, seu desabrochar, suas funções, suas lutas, batalhas… e tudo isto de um ponto de vista de uma mulher e de um homem.

Edwin e Nancy foram casados por 50 anos, e no mesmo ano em que celebraram suas bodas de ouro a Nancy faleceu.

Ele começou a trabalhar no ministério de homens, mas percebeu que poderia agregar muito no ministério de sua esposa, que lidava com as mulheres. Afinal, não nos indagamos sempre o que passa na cabeça dos homens, e eles também fazem essa mesma pergunta em relação a nós, mulheres? Achei brilhante essa junção dos dois não apenas para trabalharem juntos em seus ministérios, mas até mesmo para colocarem em um livro suas opiniões, seus aprendizados e suas experiências.

O “Mulher Única” trata da necessidade da mulher reconhecer seus dons, suas funções em casa e perante a sociedade, sua importância no ambiente familiar, independentemente de trabalhar fora ou em casa.

“Você tem mais do que pensa ter.

Você pode fazer mais do que pensa que pode.

Você é inteiramente responsável por usar a inteligência, os talentos, as habilidades e os dons que Deus lhe concedeu. Eles só precisam ser desenvolvidos.

(…)

Deus não dá às mulheres todas essas bênçãos espirituais para que elas as guardem para si. Ele as dá para a edificação de outras pessoas, para o enriquecimento do seu reino, e para cumprir seus propósitos por nosso intermédio.”

O legal desse livro também é que ele trata da mulher em suas diversas idades e fases da vida: jovens, solteiras, casadas, mães, viúvas, idosas… Ele foi escrito para todas as mulheres!

“Se você não é feliz sendo solteira, não será feliz estando casada. Quando aprender a estar feliz e ser vitoriosa a despeito das circunstâncias, então você será capaz de criar uma vida feliz e vitoriosa para si mesma na relação conjugal.”

Recentemente, quando já estava no final do livro, soube, por intermédio de uma conhecida, que a Universidade da Família – UDF, editora responsável por este livro no Brasil, também tem o curso “Mulher Única”, que é ministrado em diversas cidades do país.

Vale a pena ler e vale a pena conferir o curso! Quem já leu e fez o curso, conta pra gente o que achou!!

Beijinhos,

Michelle

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s