Tête-à-tête

Desmistificando o autismo – Por Amanda Puly

Hoje é o Dia Mundial de Conscientização do Autismo, uma data criada pela Organização das Nações Unidas – ONU com o intuito de informar, esclarecer, auxiliar no diagnóstico e combater o preconceito que é ensejado justamente pela falta de conhecimento.

De acordo com a ONU cerca de 2 milhões de pessoas são acometidas pelo autismo, um assunto que é de tão pouco conhecimento da sociedade (talvez por ser menos discutido de forma aberta do que deveria).

Por esta razão, eu gostaria de aproveitar esta ocasião para prestar alguns esclarecimentos acerca desse assunto, através das palavras da Amanda Puly, mãe do Leandro, que possui autismo:

Para quem não conhece o autismo, a figura do “autista” é quase um mito. Confesso que, antes do diagnóstico do meu filho, minha visão era totalmente equivocada, de pessoas sem capacidade de se comunicar ou praticando estereotipias o tempo todo.

Perguntei a algumas pessoas aleatórias, que não têm proximidade com crianças ou adultos dentro do espectro, qual a visão que elas têm do assunto. O que é autismo, afinal?

Selecionei algumas respostas que resumem os relatos (os nomes foram omitidos):

São pessoas que vivem no seu mundo, introspectivas.”

Autistas perdem o controle ou se irritam facilmente com coisas simples, como luz e som.”

Não gostam de barulhos e preferem ficar isolados.”

Pessoa com reação não condizente com a realidade.”

Usam de violência contra si próprio, batendo na cabeça ou corpo.”

Têm dificuldades de expressar seus sentimentos.”

São indivíduos que desenvolvem suas habilidades mais que outras pessoas normais (…). Podem escutar sons que a gente não percebe, ou sentir cheiros que não sentimos.”

São de uma inteligência enorme. Têm uma capacidade de memória acima do normal.”

Não quero julgar as descrições que ouvi, afinal ninguém é obrigado a saber. Mas é muito importante continuarmos o trabalho de divulgação das informações sobre o autismo, pois ter uma visão geral (e muitas vezes equivocada) não é o suficiente. Segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), estima-se haver mais de 70 milhões de autistas no mundo. E esse número só tende a aumentar! Muitos casos não são diagnosticados por falta de informação, tanto dos familiares, quanto dos profissionais.

O autismo é uma desordem no desenvolvimento. Se conhecermos os sinais, podemos identificá-lo desde os primeiros meses de vida de uma criança. E o diagnóstico precoce é fundamental para que haja intervenção o quanto antes. A qualidade de vida da pessoa com autismo muda drasticamente quando ela recebe o tratamento adequado.

Importante saber!

  • Autismo não tem cura, mas os sintomas têm tratamento.
  • Podem apresentar alterações sensoriais, por isso têm sensibilidade com cheiros, sons, luzes ou toques.
  • Só desenvolvem comportamentos agressivos quando muito estressadas ou ansiosas. Geralmente quando não conseguem comunicar o que estão sentindo. Mas isso também é regulado através de terapias.
  • Apenas 10% das pessoas dentro do espectro apresenta inteligência acima do normal, geralmente associada ao interesse restrito.
  • Podem se tornar muito sociáveis forem feitas terapias focadas na comunicação socialização.
  • Apesar de terem dificuldades em se comunicar, não vivem em um mundo à parte. Pelo contrário, estão muito ligados ao que acontece ao redor.
  • Apesar de alguns não gostarem de toques ou de olhar nos olhos, são muito amorosos e cativantes. Mas precisam ser conquistados!

Se você quer saber mais sobre esse assunto, bem como trocar informações sobre o tema, não deixe de acompanhar os diversos textos da Amanda no Clube Materno!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s