Tête-à-tête

Dormindo com o inimigo

Hoje o tema não tem nada a ver com o filme, apesar do título ser o mesmo.

Eu quero lhe fazer uma pergunta muito séria, e peço que você pare um instante para refletir sobre isso, respondendo a questão para si mesmo(a): você sabia que pode estar indo pra cama com o seu maior inimigo; seu verdadeiro sabotador; aquele(a) que mais lhe prejudica por mais que tenha sua plena confiança?

Não estou dizendo essas coisas para que você desconfie do seu cônjuge. Estou me referindo, na verdade, a você mesmo(a)! É isso aí!

Na vida estamos sempre batalhando para conquistar algo. Pode ser um objetivo relacionado à vida profissional, como uma promoção; um hobby, como fazer um artesanato com excelência a nível profissional; algo pessoal, como atingir determinado peso (acho que a maioria das mulheres tem ou já teve uma meta como essa).

Seja o que for, o ponto é que em geral aquilo que precisamos para atingir a meta almejada depende de nós mesmos mais do que de qualquer outra pessoa.

Eu sei que uma promoção depende da aprovação de uma chefia, mas nada nem ninguém pode te impedir de chegar ao lugar onde desejas estar profissionalmente se você se dedicarmos aos estudos, for profissional exemplar e honesto. Até porque ainda que a vaga não surja na empresa em que você estiver, certamente outros empregadores terão interesse em agregar ao seu quadro profissional um empregado capacitado e empenhado, e durante uma negociação será possível obter um cargo e/ou salário melhor do que o atual.

Se você gosta realmente de fazer um artesanato, de escrever contos, de jogar tênis como hobby, e mesmo não querendo ser profissional nessa área, gostaria de ter a mesma capacidade e conhecimento, se você estudar, se esforçar e se dedicar, o céu é o limite!

A perda de peso, anteriormente mencionada, é um exemplo claro também do quanto a pessoa precisa querer e se empenhar para alcançar um objetivo. Nem pai, nem mãe, marido ou namorado pode comer alimentos saudáveis e de qualidade por você. Eles não podem te obrigar a deixar de lado o sorvete, os biscoitos e as guloseimas. Afinal, se quiser realmente comer, você comerá, nem que para isso tenha que fazê-lo escondido no banheiro, no meio da noite.

O ser humano costuma se eximir das responsabilidades que lhe cabem. Culpa a tudo e a todos que puder, sem parar para olhar para si mesmo. Às vezes até elogia mais a outra pessoa, como se aquela fosse, de fato, mais capacitada, justificando a ausência de sua continuidade em seus projetos, ou por não ter dado tão certo em algo quanto aquele outrem. Contudo, não param para avaliar sua inércia ante a dedicação ao máximo daquela pessoa a que se refere.

Ninguém prometeu que a vida seria fácil, “um mar de rosas”. Pelo contrário! Todos sabemos que as barreiras a serem ultrapassadas são muitas, e isso já começa na hora do parto, quiça antes.

Está na hora de dar um basta às desculpas, e enfrentar de frente a preguiça, o medo, a insegurança, o comodismo ou seja lá o que for que te impede de ser melhor como pessoa e profissional.

Não use o sucesso daqueles que estão ao seu redor para justificar sua estagnação! Mas que ele seja um espelho para que você possa se motivar e alcançar esse mesmo sucesso (ou até mais)!

Se alguém falar que você não consegue, que isso sirva como um desafio, e não como uma sentença para a sua vida!

Caso você enfrente obstáculos no percurso, acabe tropeçando neles e caindo, não permita que isso seja o ponto final em sua jornada. Afinal, como bem disse Nelson Mandela, “A grande glória da vida não é cair nunca, mas sim levantar todas as vezes em que caímos.

Que as dificuldades da vida possam te fazer crescer, e não desistir nem servir como desculpa para uma autossabotagem!

Viva, aprenda, cresça, amadureça, alcance suas metas e vá muito além!

Anúncios

Um comentário em “Dormindo com o inimigo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s